Pornochanchada Videos Grátis

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Filme da Pornochanchada tudo na cama 1983

Filme da Pornochanchada tudo na cama 1983


Fotos e vídeos

Informações:

Arquivo: RMVB
Tamanho: 275 Mb
Gênero: Comédia
Duração: 95
País: Brasil
Ano: 1983
Direção: Antonio Meliande


Sinopse:

Homem de muitas amantes resolve se casar. Suas ex-mulheres comparecem em peso à cerimônia para protestar. Ele não
se faz de rogado e todos acabam na cama: noivo, noiva, ex-amantes, convidados e empregados.

Elenco:

Célia Coutinho
Liana Duval
Walter Forster
Ênio Gonçalves
Sandra Graffi
Monique Lafond
Lu
Matilde Mastrangi
Zilda Mayo
Arlete Montenegro


Fotos e vídeos

Marcadores: , , , ,

O Beijo da Mulher Piranha, Jean Garret Pornochanchada 1986

O Beijo da Mulher Piranha, Jean Garret Pornochanchada 1986, assistir online.

OBeijo da Mulher-Aranha (em inglês: Kiss of the Spider Woman) é um filme dramático brasileiro-estadunidense de 1985. Foi dirigido pelo cineasta argentino naturalizado brasileiro Hector Babenco e adaptado por Leonard Schrader do romance homônimo de Manuel Puig. William Hurt, Raúl Juliá, Sônia Braga, José Lewgoy e Milton Gonçalves fazem parte do elenco principal.


Fotos e vídeos

Marcadores: , , , , ,

Sexo e Violência filme Pornochancada

Sexo e Violência filme Pornochancada

No calor do buraco, baixar, download, ou assistir filme online de graça.

Fotos e vídeos



Informações:

Arquivo: RMVB
Tamanho; 298 Mb
Título Nacional: No Calor do Buraco
Direção: Sady Baby
Ano: 1987
País: Brasil
Duração: 83 min


Elenco:

Sady Baby
Renalto Alves
Luana Scarlet ... namorada
X-Tayla
Bim Bim ... fazendeiro
Franklin Neto
Feijoada

Marcadores:

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Memoria fofo atriz de novela onde anda

Memoria fofo atriz de novela onde anda

Lisa Marie Presley - Ex mulher de Michael Jackson
Latoya Jackson - Irmã do Michael Jackson
Babi Xavier
Kelly Key
Josy BBB 9 Playboy
Andrea Sorvetão
Andrea Guerra
Ana Paula Anzelotti
Ana Luiza Castro
Ana Hieckman
Ana Garcia
Ana de Biase
Ana Claudia Michels
Ana Castro
Ana Carolina
Analice
Amanda Salvato
Amanda Rosa
Aline Sue
Andrea Greco
Ana Paula Teodoro
Ana Paula Teixeira
Ana Paula Papa
Ana Paula Massolin
Ana Paula Burlamaqui
Alexia Dechamps
Aldine Muller
Alcione Mazzeo
Aigo
Adriane Galisteu
Adriane Amaral
Adriana Garambone
Thammy Gretchen
Ellen Roche
Charlize Theron
Flavia Alessandra
Carol Castro
Scheila Carvalho
Monica Carvalho
Fernanda Paes Leme
Paparazzo da Emanuelle Araújo
Kylie Minogue sexy fotos
BBB9: PAPARAZZO MILENA
BBB 9 | PAPARAZZO . Michelle Costa: especial para ...
PAPARAZZO de Priscila Pires BBB9 | Fotos sensuais,...
Josiane BBB9 - Paparazzo especial para assinantes
Francine Piaia-Paparazzo com cenas inéditas-2ª Par...
► Maio (113)
► Abril (30)
► Março (29)
► Fevereiro (28)
► Janeiro (52)
Marcadores
Adriana Garambone (1)
Adriana Silverio (1)
Adriane Amaral (1)
Adriane Galisteu (1)
Aida Yespica - Modelo Venezuelana (1)
Aigo (1)
Aishwarya Rai - modelo e atriz indiana. (1)
Alcione Mazzeo (1)
Aldine Muller (1)
Alessandra Ambrosio (1)
Alexia Dechamps (1)
Alice Dutra (1)
Alicia Machado (1)
Aline Sue (1)
Aluna da Uniban (1)
Amanda Rosa (1)
Amanda Salvato (1)
Ana Carolina (1)
Ana Castro (1)
Ana Claudia Michels (1)
Ana de Biase (1)
Ana Garcia (1)
Ana Hickman (1)
Ana Hieckman (1)
Ana Luiza Castro (1)
Ana Paula Anzelotti (1)
Ana Paula Burlamaqui (1)
Ana Paula Massolin (1)
Ana Paula Papa (1)
Ana Paula Teixeira (1)
Ana Paula Teodoro (1)
Anabel Cherubito (1)
Analice (1)
Andrea Greco (1)
Andrea Guerra (1)
Andrea Sorvetão (1)
Angelina Jolie (3)
Anônima da Net I (1)
Anônima da Net II (1)
Aracely Arambula (1)
Aracely Arámbula (1)
Ashley Tisdale (1)
Babi Xavier (1)
Bar Refaeli (1)
Barbara Borba (1)
Barbara Paz (1)
BBB (1)
Bia Vieira (1)
bota fogo futebol clube (1)
Britney Spears (1)
Brooklyn Decker (1)
Bruna Surfistinha (1)
Camila Ferreira (1)
Camila Szumanski (1)
Camilla Ribeiro (1)
Carla Bruni (1)
Carla Gantus (1)
Carol Castro (3)
Carolina Colto (1)
Caroline Miranda (1)
Carollini Honório (1)
Casey Johnson (1)
Charlize Theron (1)
Christina Aguilera (1)
Ciara (1)
Cibele Dorsa (1)
Cindy Crawford (1)
Claudia Leite (1)
Cláudia Vieira - Atriz Portuguesa (1)
corinthians 2009 (1)
Cristiana Oliveira (1)
Dani Bananinha (1)
Dani Bolina (2)
Dani Lopes (1)
Dani Paiva - Fluminense (1)
Dani Ruggeri (1)
Daniela Campregher (1)
Daniela Cecconello (1)
Daniela Fina (1)
Daniela Kuehn (1)
Danielle Sobreira (1)
Danielle Souza (1)
Daísa Hubert (1)
Diana Bouth (1)
Elisangela Rechi (1)
Ellen Roche (2)
Eloah Uzêda (1)
Emma Watson (1)
Estela Pereira (1)
Eva Mendes (1)
Fabiola Campomanes (1)
Fabíola Müller (1)
Fani Pacheco (1)
Fernanda Paes Leme (2)
flamengo (1)
Flávia Alessandra (2)
Flávia Monteiro (1)
Francine BBB 9 bbb9 (1)
Gabriela Vergara (1)
Gaby Summers (1)
Gatas do Atlético Mineiro (1)
Giovanna Meyer (1)
Gracyanne Barbosa (1)
Graziela Alves (1)
Grazy Alcântara (1)
Gyselle Soares (1)
Halle Berry (1)
Hannah Montana (1)
Heidi Klum (1)
Heidi Klum - Modelo Alemã (1)
Iris Valverde (1)
Isabel Figueiras (1)
Ivete Sangalo (1)
Jackie e Carol (1)
Jamila Dahabreh - Modelo Peruana (1)
Jaque Khury (1)
Jaqueline Khury (4)
Jennifer Lopes (1)
Jennifer Morrison (1)
Jessica Alba (1)
Joana Prado (1)
Jocelyn Medina - Modelo Chilena (1)
Joelma - Banda Calipso (1)
Josi BBB 9 (1)
Josy BBB 9 Playboy (1)
Juliana Canabarro (1)
Juliana Didone (1)
Juliana Moreira (1)
Juliana Paes (1)
Jéssica Borges (1)
Karina Bacchi (1)
Karine Flores (1)
Karine Jéa (1)
Karolina Kurkova (1)
Kate Beckinsale (1)
Katherine Heigl (1)
Katie Holmes (2)
Keila Siqueira (1)
Kelly - Goiás (1)
Kelly Brook (1)
Kelly Key (1)
Kristen Stewart (1)
Larissa Riquelme - musa da seleção do paraguai - copa do mundo 2010 (1)
Larissa Saloio (1)
Latoya Jackson - Irmã do Michael Jackson (1)
Lia BBB 10 (1)
Lisa Edelstein (1)
Luciana Vendramini (1)
Lusiana Salazar (1)
Lívia Lemos (1)
Maira Cardi (1)
Manuela Lemos (2)
Maria Florencia Onori (4)
Mariah Carey (1)
Mariana Felício (1)
Mariana Ximenes (1)
Marina Novo (1)
Martha Higareda (1)
Mayrin Villanueva (1)
Maíra Brito - BBB9 - Ensaio Sensual Completo (1)
Megan Fox (3)
Mel Lisboa (1)
Melissa Baker - Modelo Americana (1)
Michele Hossaca (1)
Michelle Costa (1)
Mirella Santos (3)
Miss (1)
Monique Evans (1)
Mulher File (1)
mulher melancia (2)
Mulher Melão (1)
mulher moranguinho (2)
Musa do Corinthias 2009 (1)
Musa do Flamengo - Renata Jakubovicc (1)
Musa do Santos - Kelly Medina (1)
Musa do SPFC - Daiane Amendola (1)
Mônica Carvalho (2)
Naara e Lorraine (1)
Nana Gouveia (1)
Natalia Casassola (1)
Natalia Guimaraes (3)
Natalie Dylan - Destaque da semana: Está leiloando a virgindade para pagar os estudos leilão virgem estudos pagar (1)
Natalie Portman (1)
Natália Casassola (1)
Natália Nara (1)
Nayara (1)
Nereida Gallardo - Modelo Espanhola (1)
Nuria Madruga - Atruz e Modelo Porguesa (1)
Nádia Pires (1)
Padma Lakshmi (1)
Pamela Anderson (1)
Paola de Oliveira (1)
Paola Rodrigues (1)
Parabéns a você - Internalta. (1)
Paris Hilton (1)
Paula Aguiar (1)
Paula Fernanda - Musa do Corinthians (1)
Paz Moreno (1)
Penelope Cruz - Atriz Espanhola (1)
Pietra Ferrari (1)
Priscila BBB9 (1)
Priyanka Chopra - Modelo Indiana (1)
Professora Bahiana dança todo enfiado (1)
REDE GLOBO AO VIVO (1)
Regiane Alves (1)
Renata Banhara (3)
Renata Reis (1)
Renata Santos (1)
Rita Guedes (1)
Roberta Brasil (1)
Roberta Foster (1)
Rocio Guirao Diaz (1)
Rossy Jimenez (1)
Rosângela Klimtchuk (1)
Sabrina Boing Boing (1)
Sabrina Sato (2)
Salma Hayek (1)
Sandra Alionço (1)
Sasha Grey (1)
Sayonara Jacques (1)
Scarlett Johansson (1)
Scheila Carvalho (2)
Shakira (1)
Sheila Mello (2)
Silvana Bandeira (1)
Thaiz Schmitt (1)
Thalia (1)
Thammy Gretchen (1)
Tânia Oliveira (1)
vanessa hudgens (1)
Vivian Milczewsky (1)
Viviane Araujo (2)
Viviane Bordin (1)
Viviane Victorette (1)
Vídeo Pornô da Maíra BBB9 (1)
Wanda Nara (1)
Wanessa Camargo (1)
Ásia (1)
Índia (1)

Fotos e vídeos

Musas da Pornochanchada Helena Ramos, Matilde Mastrangi e Aldine Müller

Fotos e vídeos



Musas da Pornochanchada Helena Ramos, Matilde Mastrangi e Aldine Müller

Depois de estrearem no cinema fazendo inúmeras pornochanchadas nos anos 70 e 80, as "deusas" Helena Ramos, Matilde Mastrangi e Aldine Müller foram finalmente levadas à TV ainda nos anos 80.

Aldine Müller foi a primeira a fazer TV. Estreou nos tele-romances da TV Cultura, em "O Pátio das Donzelas" e "Casa de Pensão" (1982).

.Não foi por acaso que todas as três divas estrearam na Globo pelas mãos do escritor Sílvio de Abreu, que havia dirigido alguns filmes do gênero antes de entrar para a TV. Helena Ramos estreou em "Guerra dos Sexos", em 1983, fazendo uma secretária recatada, bem diferente dos papéis que a consagraram no cinema. Depois foi a vez de Matilde Mastrangi estrear em "Vereda Tropical" (1984), de Carlos Lombardi, vivendo uma fogosa hóspede na casa de Bina (Geórgia Gomide), que enlouquece a vida dos irmãos Travatti. E por último, Aldine Müller estreou na emissora em "Sassaricando" (1987), vivendo uma mulher misteriosa com dupla personalidade.
Aldine é a única que consolidou sua carreira na TV. Atualmente ela interpreta Ângela, a mãe de um homossexual na novela "Dance,Dance,Dance", na Rede Bandeirantes.


Fotos e vídeos

Marcadores: , , , , ,

Filme Embalos Alucinantes Troca de Casais Pornochanchada

Filme Embalos Alucinantes Troca de Casais Pornochanchada

Embalos Alucinantes: A Troca de Casais é um filme brasileiro dirigido por José Miziara em 1979.

O malandro Ramón sobrevive de pequenos golpes como enganar escoteiros para arrumar um almoço grátis. Cansado de sua vida miserável ele tenta armar um grande golpe participando de swings com o intuito de chantagear ricos industriais.

Nuno Leal Maia .... Ramon
Anselmo Duarte .... Felipe
Ana Maria Braga .... Valdete
Helber Rangel .... Sérgio
Sônia de Paula
José Miziara
Lenilda Leonardi
Claudio D'Oliani
Andrea Camargo

Fotos e vídeos

Marcadores: , , , ,

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Filme Os bons tempos voltaram vamos gozar Pornochanchada

Filme Os bons tempos voltaram Pornochanchada

Os bons tempos voltaram: vamos gozar outa vez - 1984 105Min.
Dir- Ivan Cardoso
Gen- Comédia

elenco- Carla Camurati, Paulo César Grande, Alexandre Frota, André Felipe, Maria Gladys, Leiloca, Zezé Macedo, Andréa Beltrão, Wilson Grey, José Lewgoy, Carina Cooper, Consuelo Leandro, Kátia Lopes, Marcos Frota, Dionísio Azevedo, Vanessa Alves, Antônio Petrin, Maria Luíza Castelli, Vera Zimmerman

Sinopse-
Sábado quente-
O primeiro episódio conta a história de uma jovem chamada Soninha (Carla Camurati), que finge estar doente, para não viajar com uma família e perder a virgindade com o namorado Paulo César Grande. (detalhe: para ajudar a simular a doença, ela põe o termometro dentro da calcinha, para que fique quente).


Primeiro de abril-
O segundo episódio é de longe, muito mais hilariante que o primeiro. Uma festa de arromba organizada pelo jovem Edinho (Marcos Frota) tira a tranquilidade de um histórico patriarca, um coronel na cadeira de rodas (interpretado por Dionisio azevedo), exaltado pela tomada de poder pelo Exército, em 1964. O coronel esbraveja o tempo todo contra a festa (uma festa na piscina com todos nus), especialmente contra a sobrinha, a bela Roberta, que é a primeira da festa a tirar a roupa. Mas a verdade é que no fundo o coronel deixa transparecer que não consegue resistir aos encantos dela.

Fotos e vídeos

Marcadores: , , ,

O bem Amador filme da Pornochanchada assistir Online

O bem Amador filme da Pornochanchada assistir Online

Lírio, um caipira ingênuo, nascido em Itu. Por causa das gigantescas proporções de seu pênis, o rapaz foi parar na cidade grande, onde se transformou em um "homem-objeto" para mulheres da classe alta. Lírio passa por inúmeras dificuldades até encontrar seu par ideal.


Título Original: O Bem Dotado, o Homem de Itu
Gênero: Comédia
Duração : 104 min.
Lançamento (Brasil): 1978
Distribuiç ão: Cinedistri
Dire ção: José Miziara
Roteiro : José Miziara
Produçã o: Anibal Massaini Neto
Fotografia : Osvaldo de Oliveira
Desenh o de Produção: Marineida Massaini
Figuri no: Marineida Massaini
Edição : Roberto Leme


lenco
Nun o Leal Maia ( Lírio)
Consuelo Leandro (Nair)
Maria Luíza Castelli ( Zilá)
Guilherme Corrêa ( Rodolfo)
Marlene França (Neifa)
Ana Maria Nascimento e Silva ( Volga)
Esmeralda Barros (Pedra)
Líbero Ripoli Filho (Padre Belmiro)
Helena Ramos (Julinha)
Lola Brah
Tereza Teller ( Clotilde)
Aldine Muller ( Lurdinha)
Teobaldo (Motorista Taxi)
Felipe Donavan (Turcão)
Sueli Aoki ( Nice)
Rogaciano De Freitas
David Yan Wei (Kimura)
Heitor Gaiotti
Marcos Caruso
Américo Taricano
Paulo César de Martino
Marcos Miranda
Paulo Castelli (Ricardo)
Pedro Cassador
Sandra Braga
Gloria Cristal
Marion D'Ellis
Paulo Goulart (Ele mesmo)
John Herbert (Ele mesmo)
Mário Kerlakian
Micha ela Mantani
Tom O'Reel
Eva Paiva
Rosa Raspini
Clayton Silva
Fúlvio Stefanini (Ele mesmo)
Maria Viana

Fotos e vídeos O bem amado

Marcadores: , ,

Filme da Pornochanchada A super Fêmea com Vera Fischer

Filme da Pornochanchada A super Fêmea com Vera Fischer

Resumo do Filme: Segundo trabalho de Vera Fischer no cinema,Parodia feminista e satira deslavada ao mundo da propaganda e do marketing,A Super Femea tras o maior icone do erotismo e da beleza brasileira,a louraça de olhos verdes Vera Fischer,tres anos apos sagrar-se Miss Brasil com incompletos 18 anos e muito sex appeal.Vera foi um acontecimento de fato.

Fotos


Titulo Original: A Super Fêmea-Vera Fischer
Título Traduzido: A Super Fêmea-Vera Fischer
Gênero: Antigo Relíquia
Tamanho: 68 Mb
Duração: 85 min
Ano de Lançamento: Sei lá
Audio:Português
Formato: Avi / Qualidade: Real Média
Servidor: Megaupload

Marcadores: , , , , , , ,

segunda-feira, 19 de julho de 2010

Pornochanchada Filmes de Sexo Explícito

Pornochanchada Filmes de Sexo Explícito

Sexo pode ser uma coisa ingênua, principalmente quando o tempo passa e as novidades são muito mais explícitas. Aconteceu isso no cinema brasileiro. Provavelmente somos o único país no mundo que deu ao seu cinema soft pornô um nome pra lá de sonoro e atraente: a pornochanchada.

A fórmula do sucesso era criar uma história divertida e recheada de elementos maldosos, principalmente com homens tendendo ao cafajetismo e mulheres lindas e ingênuas. Claro que em determinadas cenas era praticamente obrigatório alguma nudez parcial. Na verdade, a ousadia maior era os seios descobertos das atrizes e as nádegas dos atores.

O filme considerado precursor da pornochancada, ainda na década anterior, foi o Toda Donzela Tem um Pai que é uma Fera (1966). Mas só nos anos 70 é que os sucessos absolutos apareceram, já com o mercado todo voltado para esse tipo de produção.

Fotos

Marcadores: , , ,

quarta-feira, 14 de julho de 2010

Como ver filmes da Pornochanchada online sem pagar nada grátis

Como ver filmes da Pornochanchada online sem pagar nada grátis


Pornochanchada é um genero do Cinema Nacional Brasileiro e seus filmes sempre foram ousados de sexo explícito, muitas mulheres famosas já ficaram pelada e muitas já tiveram suas partes intimas mostradas em cenas pra lá de picantes de sexo. A musas ficaram totalmente nua.
Lista com nomes de algumas mulheres da Pornochanchada brasileira.
Como Gretchem, Rita Cadillac, Xuxa, Matilde Mastrangi, Vera Fisher,
Helena Ramos, Aldine Muller, Adele Fátimam, Nicole Puzzi, Zilda Mayo, Rossana Ghessa,
Sandra Barssotti, Joubert.
tiveram sua bunda gostosa mostrada da tv e também seios lindos das gatasque eram ninfeta na época.
Hoje não precisamos mais comprar DVD da Pornochanchada, há em venda em vários sites como o Casada no cio, Mercado Livre e muitos outros por ai.
Para ver filmes da Pornochanchada online online grátis sem pagar nada nem precisar baixar no torrent ou rapidshare.
Faça o cadastro no site clicando na imagem.Obs não é preciso fazer download. somente clique no play para ver o vídeo ao escolher.



Fotos

Marcadores: , , , , , ,

terça-feira, 6 de julho de 2010

Download de dvd da Pornochanchada para baixar

Download de dvd da Pornochanchada

A Boca do Lixo, ponto de encontro e de produção das famosas pornochanchadas da década de 70, revelou e/ou reafirmou diretores como Fauzi Mansur, Ody Fraga e David Cardoso. Por lá, transitaram também cineastas autorais como Carlos Reichenbach e Walter Hugo Khouri, e formaram-se outros como Guilherme de Almeida Prado. E a bela Matilde Mastrangi marcou presença em todas essas correntes.

Matilde Mastrangi começou sua carreira como dançarina no Programa Silvio Santos, atuando, posteriormente, como modelo fotográfico. Estréia em 1974, no filme ‘As Cangaceiras Eróticas’, de Roberto Mauro, momento em que o cinema brasileiro lotava as salas do país com as comédias eróticas conhecidas como pornochanchadas. A atriz se torna uma das musas do gênero, atuando sob a direção dos cineastas mais importantes do filão, como Fauzi Mansur, Ody Fraga, Adriano Stuart, John Doo e David Cardoso. Em 1982 é convidada pelo autoral Walter Hugo Khouri, que também realizou filmes na Boca do Lixo, para o belo ‘Amor Estranho Amor’.

Em 1983, Matilde Mastrangi é escalada para ‘Flor do Desejo’, de Guilherme de Almeida Prado, diretor formado pela Boca e que iria se destacar no cinema brasileiro da década de 80. A atriz marca presença nos filmes do cineasta, com participação em ‘A Dama do Cine Shanghai’ e ‘A Hora Mágica’. Matilde Mastrangi tem poucas passagens pela televisão – ‘Vereda Tropical’ (1984), ‘Cortina de Vidro’ (1989); quadro no programa Goulart de Andrade (1988) - e incursões pelo teatro.


- ‘As Cangaceiras Eróticas’ (1974), de Roberto Mauro;
- ‘Cada Um Dá o que Tem’ (1975), de John Herbert, Adriano Stuart e Silvio Abreu;
- ‘Bacalhau’ (1975), de Adriano Stuart;
- ‘Já não se faz Amor como Antigamente’ (1976), de Anselmo Duarte, John Herbert e Adriano Stuart;
- ‘Incesto’ (1976), de Fauzi Mansur;
- ‘Emanuelle Tropical’ (1977), de J. Marreco;
- ‘Palácio de Vênus’ (1980), de Ody Fraga;
- ‘A Noite das Taras’ (1980), de David Cardoso, John Doo e Ody Fraga;
- ‘As Intimidades de Analu e Fernanda’ (1980), de José Miziara;
- ‘Volúpia do Prazer’ (1981), de Rubens Eleutério;
- ‘Pornô!’ (1981), de David Cardoso, Luiz Castellini e John Doo;
- ‘A Cobiça do Sexo’ (1981), de Mozael Silveira;
- ‘Pecado Horizontal’ (1982), de José Miziara;
- ‘A Noite das Taras II’ (1982), de Ody Fraga e Claudio Portioli;
- ‘Amor Estranho Amor’ (1982), de Walter Hugo Khouri;
- ‘Tudo na Cama’ (1983), de Antonio Meliande;
- ‘Flor do Desejo’ (1983), de Guilherme de Almeida Prado;
- ‘Corpo e Alma de Uma Mulher’ (1983), de David Cardoso;
- ‘Erótica, a Fêmea Sensual’ (1984), de Ody Fraga;
- ‘Caçadas Eróticas’ (1984), de David Cardoso e Claudio Portioli;
- ‘A Dama do Cine Shanghai (1987), de Guilherme de Almeida Prado;
- ‘A Hora Mágica’ (1998), de Guilherme de Almeida Prado




Fotos


Marcadores: , , , ,

Pornochanchada

Pornochanchada é um gênero do cinema brasileiro, comum na década de 70. Surgiu em São Paulo, e contou com uma produção bem numerosa e comercial. A mais conhecida produção era a da chamada boca do lixo, região de prostituição existente na zona central da cidade de São Paulo. Dessa fonte despontaram vários diretores de talento (Cláudio Cunha; Alfredo Sternheim; Ody Fraga; Fauzi Mansur, entre outros) que souberam usar o que dava bilheteria na época (filmes eróticos softcore) para fazer filmes de grande valor estético e formal. .
Chamado assim por trazer alguns elementos dos filmes do gênero conhecido como chanchada e pela dose alta de erotismo que, em uma época de censura no Brasil, fazia com que fosse comparado ao gênero pornô, embora não houvesse, de fato, cenas de sexo explícito nos filmes. A censura, que não era política mas de costumes, exigia que os filmes cumprissem diversas exigências, sem as quais os mesmos seriam sumariamente proibidos (muitos foram liberados totalmente retalhados pelos cortes, o que os tornava incompreensíveis). Dentre essas exigências, havia várias como mostrar um seio de cada vez, etc. Com o tempo, essa e outras exigências foram amenizadas com a liberação dos costumes e a abertura política iniciada em 1977, até que com o fim da censura em 1984, o gênero foi substituído pelos filmes pornográficos exibidos em salas especiais.

A pornochanchada revelou algumas atrizes que depois ficaram famosas na TV e passaram, de certa forma, a esconder de seus currículos a participação nos filmes do gênero.


A pornochanchada iniciou sua decadência nos anos 80, com o fim da obrigatoriedade das cotas de exibição de fitas nacionais, o surgimento do videocassete e a exibição de filmes de sexo explícito nos cinemas.

Com o fim delas acabou também a fama e o estrelato de alguns atores e atrizes que não conseguiram mudar de estilo ou ir para a TV. Alguns conseguiram pequenos trabalhos na televisão e no teatro, como Matilde Mastrangi, David Cardoso, Nicole Puzzi e Aldine Muller, enquanto outros simplesmente desapareceram, como Helena Ramos, Zaira Bueno, Noelle Pinne, Carlo Mossy, Rossana Ghessa, Zilda Mayo e Francisco Di Franco.

Segundo Matilde Mastrangi [1], o grande problema para eles é que não tinham talento para continuar fora da pornochanchada.

A maior consequência do gênero foi marcar o cinema brasileiro como sinônimo de um cinema repleto de nudez e de palavrões. Durante os anos 90 foi comum as emissoras de tv exibirem filmes nacionais em horários avançados, dando a entender que seriam como sessões eróticas. Destacam-se aqui os programas "Sala Especial", na TV Record, no começo dos anos 80, e "Cine Brasil", na CNT, entre 1997 e 1998.

↑ Entrevista a Nuno Cesar Pereira de Abreu, em 2001, em sua tese de doutorado Boca do Lixo: Cinema e Classes Populares

Canal Brasil

Lista de filmes do gênero Pornochanchada

Lista de gêneros cinematográficos

Entrevista a Cláudio Cunha - Cineasta

Pornochanchada: Capítulo Estilizado e Estigmatizado da História do Cinema Nacional

Cinema Brasileiro - Cinema Marginal e a Pornochanchada Curiosidades sobre a Pornochanchada no site Guia dos Curiosos Lista de títulos de filmes da Pornochanchada

Cinema Brasileiro


Fotos

Carla camurati filme Estrela Nua Pornochanchada

Após uma premiada carreira como atriz de cinema e televisão, nos anos 80, Carla Camurati lançou-se como diretora, produtora, roteirista e distribuidora em 1995, com o longa-metragem Carlota Joaquina – A princesa do Brasil, filme que se tornou um marco da era da retomada da produção nacional. Foi o primeiro sucesso de público do cinema nacional na década de 1990, com participação em quarenta festivais e cerca de 1,5 milhão de espectadores conquistados graças a uma iniciativa de distribuição totalmente independente liderada pela própria Carla Camurati.

Antes de estrear na direção de longas, dirigiu dois curtas-metragens: A mulher fatal encontra o homem ideal (1987) e Bastidores (1990). Em 1997, novamente dirigiu, escreveu e distribuiu um longa-metragem, La serva padrona, baseado na ópera de Pergolesi, primeiro filme-ópera do Brasil. A partir desse filme, começou a se dedicar à direção de óperas teatrais pelo Brasil, dentre elas Madame Butterfly de Puccini, em 1999, sob a regência de Isaac Karabitchevsky; Carmen de Bizet, em 2001, sob a regência de Jamil Maluf; O Barbeiro de Sevilha de Gioacchino Rossini, em 2003, sob a regência de Silvio Viegas; e Rita de Donizetti, em 2007, sob a regência de Débora Valdman.

Em 2001, realizou seu terceiro filme, Copacabana, inspirado em histórias do famoso bairro carioca. É uma das sócias fundadoras e diretoras da Copacabana Filmes e Produções, produtora que, em mais de dez anos de atuação, estabeleceu-se como uma das mais renomadas do país na produção de peças teatrais, filmes, óperas, pós-produção cinematográfica, realização de eventos de promoção cultural, distribuição de cinema e, mais recentemente, também na produção de publicidade.

A partir de 2001, ampliou seu trabalho como produtora e distribuidora, abrindo a Copacabana Filmes também para títulos de outros diretores, como A pessoa é para o que nasce (2004), de Roberto Berliner; e o documentário Janela da alma (2002), de João Jardim e Walter Carvalho. Desde 2003 é uma das diretoras do FICI (Festival Internacional de Cinema Infantil) que, em parceria com o circuito Cinemark, percorre oito cidades com filmes para crianças e títulos de diversas nacionalidades.

Dentro das iniciativas promovidas pelo Festival Infantil está o projeto "A tela na sala de aula", que leva os filmes para serem trabalhados em salas de aula da rede pública. Seu quarto filme, Irma Vap - O retorno, inspirado na peça de grande sucesso O mistério de Irma Vap, estreou em 2006. Em 2007, distribuiu o documentário Pro dia nascer feliz, de João Jardim, que já atingiu a expressiva marca de mais de cinquenta e um mil espectadores.

Em 2007, assumiu a presidência da Fundação Theatro Municipal do Rio de Janeiro e comandou a reforma do teatro que durou cerca de 850 dias ao custo de 75 milhões de reais.[3]

Fotos

Marcadores: , , , , , , , , ,

Pornochanchada filme A noite das Taras com Matilde Mastrangi

Pornochanchada filme A noite das Taras com Matilde Mastrangi



Mais filmes da Pornochanchada para download ou baixar tudo grátis ou assista online diretamente do video do site.


Ninguém precisa se assustar com os títulos sugestivos dos filmes da Boca do Lixo, que aumentavam o sensacionalismo na proporção em que a indústria do cinema paulistano enfrentava dificuldades e declinava. Dessa forma, na virada da década de 70 para 80, um filme chamado “A Noite das Taras” (1980) não significava propriamente um espetáculo pornô ou de baixo nível, sendo um interessante exercício de cinema – onde o erotismo foi apenas chamariz comercial, tão suave quanto o que vemos hoje em dia na novela das oito.

“A Noite das Taras”, dividido em três episódios, faz com que três nomes conhecidos do esquema de produção da Boca – John Doo, David Cardoso e Ody Fraga – conduzam histórias diferentes girando sobre um mesmo tema: a noite de marinheiros, que desembarcados em Santos, se deslocam até São Paulo em busca de aventuras.

Os filmes em episódios eram uma saída inteligente para o cinema brasileiro daquele tempo, já que eram fáceis de fazer e permitiam que vários profissionais trabalhassem, repartissem os lucros e, em alguns casos, os gastos com a produção. A DaCar, produtora do galã David Cardoso, realizou filmes antológicos do gênero, e vamos analisá-los aqui um em seguida do outro.

David Cardoso – o homem por trás da marca – é figura polêmica, mas goste-se dele ou não sua trajetória profissional foi notável: a exemplo de Carlo Mossy e Reginaldo Faria – galãs e visionários cineastas – aceitar David significa entender uma maneira de se fazer cinema no Brasil sem depender exclusivamente das benesses do dinheiro público. Vale acrescentar também, por curiosidade, que, apesar de não ter sua produtora fisicamente situada na Boca, era lá que David buscava atores e técnicos, tornando seus filmes quase um paradigma do quadrilátero da Luz.

“A Noite das Taras” começa com o episódio “A Carta de Érico”, onde o chinês naturalizado paulistano John Doo mostra um marinheiro recém-chegado com uma missão: entregar uma carta em São Paulo para uma mulher misteriosa (Patrícia Scalvi), infeliz e viciada em drogas, moradora de um aristocrático apartamento.

Notem que o marinheiro é ninguém menos que Arlindo Barreto, o futuro palhaço Bozo, que antes de se consagrar como ídolo da criançada fez história na rua do Triunfo. Não há grandes surpresas na trama linear, que serve apenas de atmosfera e ambientação para as belas cenas de Scalvi nua e à sedução revigorante do marinheiro falastrão.

O segundo episódio, “Peixe Fora d'Água”, dirigido pelo próprio David Cardoso, conta sobre uma quadrilha dirigida por uma ninfomaníaca (Matilde Mastrangi), que faz de tudo – exatamente tudo – para que um marinheiro recém-desembarcado cometa um crime. Mastrangi, parecendo uma diva do cinema italiano, nos faz lembrar que, afinal, foi de lá que o cinema brasileiro seqüestrou a idéia dos filmes em episódios, a exemplo do clássico “Boccaccio 70”, onde Matilde deixaria Anita Ekberg intimidada.

Já a terceira história, “Julio e o Paraíso”, dirigida por Ody Fraga, é – talvez involuntariamente – a melhor de todas: um grupo de moças paupérrimas não tem o que comer, vão ser despejadas do cômodo onde moram e resolvem seduzir um marinheiro para roubá-lo. Como parte do plano, matam o homem através de uma maratona sexual, no subtexto que mescla influências de Luís Buñuel, mitologia grega e José Mojica Marins. Um clássico do cinema da Boca.

“A Noite das Taras” deve ter feito sucesso, pois David bancou dois anos depois a continuação, também em episódios – e no meio tempo, em 81, lançou “Pornô!” e "Aqui, Tarados!", que dialogam com os dois, formando uma quadrilogia que merece ser vista em seqüência, como um só filme conceitual em pequenas partes. Entre altos e baixos, cada uma destas histórias simples e popularescas traz em si algum encanto que as torna interessantes, divertidas ou, quem sabe, até mesmo inspiradoras de idéias para jovens cineastas que enxerguem longe.




Fotos


A B... Profunda
Os Anos Dourados da Sacanagem
Mulhe r Tentação
Banho de Língua
Meninas Virgens e P...
Emoções Sexuais de um Jegue
Um Pistoleiro Chamado Papaco
24hrs de sexo explícito
Fuk Fuk à Brasileira
Baca nal de Adolescentes
Se duzida por um Cavalo
Oh! Rebuceteio
Peca do Horizontal
Caça das Eróticas
Corpo e Alma de uma Mulher
A Noite das Taras
Como Salvar Meu Casamento
Porno
Bacalhau
Mulh er Objeto
O Inseto do Amor
O bem dotado, o homem de Itu
Bonitinha, mas Ordinária
Engra çadinha
Luz del Fuego
Gabriela, Cravo e Canela
A Dama do Lotação
Eu Te Amo
Dona Flor e Seus Dois Maridos
Os Bons Tempos Voltaram Vamos Gozar Outra Vez
Rio Babilônia
As Seis Mulheres de Adão
Os Sete Gatinhos
Gisell e
Aluga-se Moças
Amor Estranho Amor
Histórias que Nossas Babás Não Contavam
A Árvore dos Sexos
Estupro( aka Perversão)
Bye Bye Brasil
Toda Nudez Será Castigada
Toler ância
Olhos de Vampa
Um Copo de Cólera
Procurad as
Onde Anda Você
Iracema uma transa amazônica
O Maior Amor do Mundo
Filhas do Vento
O Invasor
Sonhos e Desejos
Amarelo Manga
Vidas Secas
noite das taras download on rapidshare

Marcadores: , , , , , ,

sexta-feira, 2 de julho de 2010

Filmes raridades da Pornochanchada em DVD

Filmes raridades da Pornochanchada em DVD
Amadas e violentadas 1975

Depois da comédia, seja musical ou erótica, o filme policial foi o filão mais explorado pelo cinema brasileiro dirigido ao grande público, e esteve presente em nossas telas desde a primeira década do século passado. Um dos mais dedicados cultores do gênero no Brasil foi o advogado e cineasta carioca Mário Latini – irmão de Anélio Latini, diretor do clássico Sinfonia Amazônica, primeiro longa-metragem de animação realizado no Brasil.
Latini começou a filmar nos anos 50, realizando alguns filmes diretamente ligados a tradição do film noir (Traficantes do Crime, Contrabando). Em Na mira do assassino, rodado na década seguinte, o diretor atualiza o estilo noir incorporando elementos do filme policial com preocupação social, em moda na época. O filme é uma rara oportunidade para conferir Agildo Ribeiro, ainda jovem, num papel dramático. Agildo interpreta um marginal, saído de uma favela carioca, que durante uma fuga se refugia na casa de um promotor de justiça. Cercado pela polícia, Agildo explica ao promotor como a vida e a sociedade o empurraram para o mundo do crime.
As filmagens foram realizadas num morro atrás da Central do Brasil, dominado pelo bandido Mineirinho – que teve sua vida (e morte) romanceada em outro filme da mesma época, dirigido por Aurélio Teixeira e estrelado por Jece Valadão. Mineirinho colaborou com a equipe, permitindo uma filmagem tranquila. O filme é um ótimo registro do cotidiano sofrido da população pobre do Rio de Janeiro do final dos anos 60.


Latini começou a filmar nos anos 50, realizando alguns filmes diretamente ligados a tradição do film noir (Traficantes do Crime, Contrabando). Em Na mira do assassino, rodado na década seguinte, o diretor atualiza o estilo noir incorporando elementos do filme policial com preocupação social, em moda na época. O filme é uma rara oportunidade para conferir Agildo Ribeiro, ainda jovem, num papel dramático. Agildo interpreta um marginal, saído de uma favela carioca, que durante uma fuga se refugia na casa de um promotor de justiça. Cercado pela polícia, Agildo explica ao promotor como a vida e a sociedade o empurraram para o mundo do crime.


Além de Agildo Ribeiro, Na mira do assassino conta com um grande grande elenco: Glauce Rocha é a “mina de fé” do perigoso bandido; Zilka Salaberry é a mãe da menina; Milton Gonçalves é o fiel parceiro do criminoso; Eliezer Gomes, o dono de uma birosca no morro; e ainda as participações de Ricardo Luna e Milton Rodrigues. Destaque absoluto para o genial Wilson Grey, no papel do “X-9”, o alcagüete, numa das melhores atuações de toda sua carreira. Adaptado da novela radiofônica “O bandido”, de Berliet Jr., com a colaboração de Jorge Dória no roteiro e nos diálogos. Música de Jair Rodrigues. Mais uma obra-prima do cinema brasileiro, esquecida pelos “experts” da indústria acadêmica.



Fotos

Marcadores: , , , ,

terça-feira, 29 de junho de 2010

Aluga-se Moças da Pornochanchada Filme

Aluga-se Moças da Pornochanchada Filme

Paula separou- se recentemente do marido e não encontra emprego, pois há sete anos não trabalha. Coloca anúncio no jornal propondo- se a dividir o apartamento onde mora com a filha e a empregada. Beth Lara, strip-girl, pretende ser cantora. É aprovada num teste fotográfico para promover a coleção da loja Crazy Shirts. Na boate, é vista por Odair, dono de uma gravadora, que se interessa em promovê-la. Beth procura Paula e passam a morar juntas. Magali, estudante universitária, está grávida e o pai, ao saber, a expulsa de casa. É encontrada na rua por Ângela que, para sustentar a mãe doente, trabalha numa casa de massagens. Lá, é contratada por Rafael, dono da Crazy Shirts, para trabalhar num bordel de luxo que ele pretende abrir. Cláudia e Marli moram juntas e trabalham na Crazy Shirts. Cláudia sai às vezes com Rafael, que, ao saber da virgindade de Marli, a oferece a Odair, seu amigo, esperando obter uma comissão pelo favor.

Fotos


Mais Titulos disponíveis da Pornochanchada são :

* AMOR , ESTRANHO AMOR ( O FILME PROIBIDO DA XUXA )
* A ÁRVORE DOS SEXOS
* BACANAL DE ADOLESCENTES
* CORPO E ALMA DE UMA MULHER
* FUK FUK A BRASILEIRA
* BANHO DE LÍNGUA
* UM PISTOLEIRO CHAMADO PAPACO
* BONITINHA MAS ORDINÁRIA
* ENGRAÇADINHA
* LUZ DEL FUEGO
* AS SETE VAMPIRAS
* O INSETO DO AMOR
* EU TE AMO
* GABRIELA , CRAVO E CANELA
* A DAMA DO LOTAÇÃO
* DONA FLOR E SEUS DOIS MARIDOS
* RIO BABILONIA
* A NOITE DAS TARAS 1
* A NOITE DAS TARAS 2
* AS SEIS MULHERES DE ADÃO
* A B PROFUNDA
* MULHER OBJETO
* MULHER TENTAÇÃO
* MENINAS VIRGENS E P...
* EMOÇÕES SEXUAIS DE UM JEGUE
* SEDUZIDA POR UM CAVALO
* OS BONS TEMPOS VOLTARAM , VAMOS GOZAR OUTRA VEZ
* O BEM DOTADO , O HOMEM DE ITÚ
* CAÇADAS ERÓTICAS
* COMO SALVAR MEU CASAMENTO
* PECADO HORIZONTAL
* TODA NUDEZ SERÁ CASTIGADA
* LÚCIO FLÁVIO , O PASSAGEIRO DA AGONIA
* EU MATEI LÚCIO FLÁVIO
* HISTÓRIAS QUE NOSSAS BABÁS NÃO CONTAVAM
* COMO ERA GOSTOSO O MEU FRANCÊS
* ALUGA-SE MOÇAS
* 24 HORAS DE SEXO ARDENTE

Marcadores: , , , , , , , ,

Filme Corpo e Alma de Mulher com Tássia Camargo Pornochanchada

Filme Corpo e Alma de Mulher com Tássia Camargo Pornochanchada

Corpo e alma de mulher - 1983 90Min.
Direção: David Cardoso

Genero: Erótico

Elenco: David Cardoso, Tássia Camargo, Helena Ramos, Zélia Martins, Matilde Mastrangi, Antônio C. Ribeiro, Elizabeth de Luiz

Sinopse: Fazendeiro e advogado criminalista bem-sucedido, Fernando desembarca em Lisboa em companhia de sua secretária e amante. Uma vez no hotel, tomam banho juntos e vão para a cama. Depois de fazerem sexo, ele recebe um telefonema do Brasil informando-o que sua mulher, Aimée, que se achava há seis meses em um hospital de São Paulo, embora paraplégica, acaba de receber alta.

Imediatament e, os dois retornam ao Brasil e seguem para Ponta Porã, no Mato Grosso, onde vivem e trabalham. Logo a seguir, Aimée chega de São Paulo, em companhia de Laura, uma enfermeira contratada para cuidar dela. Todos se dirigem, então, para a casa da fazenda.

Logo na primeira noite, Fernando e Laura passam a se relacionar sexualmente. Ela deixa bem claro que não quer ter o menor envolvimento emocional e que, portanto, a relação entre eles será apenas de cunho sexual.

Em sua cadeira de rodas, Aimée sente que vai ter que passar o resto de sua vida presa à cama ou à cadeira. Por alguns instantes, relembra os maravilhosos momentos passados com Fernando, como o banho de rio que tomaram juntos, no dia de seu casamento, ou a viagem à Assunção, no Paraguai, para comemorarem seu primeiro ano de união.

À fazenda, chega Débora, prima de Aimée e mais uma das amantes de Fernando. Sob o pretexto de visitar a prima, na realidade ela vem tomar satisfações do amante por ele não a ter mais procurado. As coisas pioram quando ela descobre que Fernando e Laura estão tendo um caso.

Nesse ínterim, Aimée, sempre apaixonada pelo marido, faz de tudo para que ele volte a ter um relacionamento mais íntimo com ela, mas ele sempre se desculpa, dizendo-lhe que ainda não se acha preparado para a nova situação. Ela lhe implora que, pelo menos, durma com ela na mesma cama, mas ele se nega.

Essas constantes recusas do marido fazem com que ela conclua que não faz mais sentido continuar a viver. Em conversa com Laura, expõe o seu drama e a enfermeira lhe diz que se , de fato, ela se decidir por acabar com a vida, que poderá ajudá- la.

Numa derradeira tentativa, Aimée pede ao marido que a coloque na cama, a dispa e a possua. Ele, mais uma vez, confessa seu amor mais lhe diz que continua não preparado para uma relação mais íntima. Quando ele sai para vacinar alguns animais da fazenda, ela chama Laura, que lhe aplica uma injeção letal.

Fotos

Marcadores: , , , , , , ,

Filme da Pornochanchada Corpo Devasso

Este filme é exemplar em relação à produção da Boca do Lixo, por vários motivos. Primeiro, por representar uma época que originou várias obras hoje antológicas, como "A Mulher que Inventou o Amor", de Jean Garrett, e "Império do Desejo", de Carlos Reichenbach, sem falar nos blockbusters "Giselle" e "Mulher Objeto".

Em segundo lugar, Alfredo Sternhein chamou para trabalhar consigo uma equipe que era uma seleção do que a Boca tinha de melhor. Ody Fraga o ajudou no roteiro, Claudio Portioli fez fotografia e câmera, e a produção é da DaCar, de David Cardoso, que faz o protagonista. O elenco traz mais umas dez figurinhas carimbadas da Rua do Triunfo.

Por fim, "Corpo Devasso" é um dos exemplos mais bem-acabados da tentativa de se unir apelo popular (sob a forma de erotismo) a uma certa militância política e de costumes no cinema brasileiro.

No início, você acha que está vendo um filme típico de David Cardoso: Beto é um atleta sexual simplório, explorado por uma enorme sequencia de mulheres: a filha do patrão (Evelise Olivier), uma fotógrafa tarada (Neide Ribeiro), uma advogada fazendeira (Meiry Vieira), a filha dela (Nádia Destro) etc... Mesmo a jornalista militante (Patrícia Scalvi) que se apaixona por ele acaba por largá-lo na primeira dificuldade.

Em meio a estes desencontros, Beto cai na prostituição. É quando conhece Raul (Arlindo Barreto, que fez o Bozo nos anos seguintes), que se apaixona por ele. É então que a obra se distingue e passa a integrar o panteão dos melhores momentos da Boca do Lixo.

O diretor não teve medo de mostrar o "rei da pornochanchada" em cenas de sexo com outro marmanjo. Mas vários outros filmes fizeram algo semelhante. O que é inovador aqui é que os gays de Sternhein, se não fogem inteiramente dos estereótipos, são, por outro lado, complexos, podem ter facetas diversas. A homossexualidade não os torna, necessariamente, melhores ou piores. Vistos sem preconceitos e sem paternalismo, tornam-se simplesmente humanos. Imagino que seja um caso único, na época.

Beto, por sua vez, não é apenas um rapaz do interior explorado pela luxúria e pelo "desamor" da cidade grande. Ele se mescla a essa megalópole, torna-se confuso e contraditório como ela própria, é capaz de encantar-se e de enojar-se com sua própria sexualidade. Esta, se proporciona dinheiro a seu bolso e prazer a seu corpo devasso, também domina tiranicamente seus passos, do dia em que foge da roça àquele em que sai da prisão. Para mim, a melhor atuação da carreira de David, justamente em seu papel mais desafiador.

A obra traz ainda uma ansiedade gostosa, típica dos tempos da abertura, quando se começava a poder falar de política sem (muito) medo de represálias. Fala-se de socialismo, democracia, greve, corrupção, tudo de uma forma atropelada, caótica e inconclusiva. Quem gosta de achar defeito dirá que é filosofia de botequim; eu prefiro ter consciência histórica e notar que isso é próprio de quem ficou amordaçado muito tempo.

É quase certo que este discurso poderia se refinar e se organizar com o tempo, principalmente nas mãos de diretores como Sternheim (cujas obras muitas vezes trazem este conteúdo político). Porém, por motivos de força maior, a Boca tomaria o rumo do sexo explícito poucos anos depois, o que acabaria por levá-la a uma irreversível decadência e ao colapso final, por volta de 1987.

Entre as cinzas, "Corpo Devasso" resgata um dos momentos mais críticos, criativos e ousados daquela produção. Uma bela amostra do que o cinema brasileiro de extração popular tinha de vigor, potencial e ousadia.

Fotos

Marcadores: , , , , , , , , ,

segunda-feira, 28 de junho de 2010

Filme da Pornochanchada Matou a Familia e foi ao Cinema

Matou a família e foi ao cinema é um filme brasileiro de 1991, do gênero drama, dirigido por Neville de Almeida.

Este filme é uma nova versão do filme de 1969, cujo diretor (Júlio Bressane) é o roteirista deste.
Bebeto, após discutir com os pais, mata-os e, em seguida, vai ao cinema, onde assiste impassivelmente quatro filmes de curta-metragem.
Elenco
Cláudia Raia .... Márcia
Louise Cardoso .... Renata
Alexandre Frota .... Bebeto
Maria Gladys .... mãe de Bebeto / mãe de Márcia / mãe no episódio final
Guará Rodrigues .... ladrão de roupas íntimas
Mariana de Moraes .... garota no episódio final
Ana Beatriz Nogueira .... esposa jovem
Júlio Braga .... marido
Pedro Aguinaga .... marido de Márcia
Sandro Solviatti .... pai de Bebeto

Fotos

Marcadores: , , , ,

Fotos vídeos de musas gostosas da Pornochanchada

Musas da Pornochanchadas dos Anos 70, do Cinema Nacional Brasileiro, boca do lixo.
Fotos Musas da pornochanchada Celebridades
Mulheres como Vera Fischer, Sandra Barsotti e Monique Lafond, porno, mulheres porno, fotos porno, musas peladas, fotos musas peladas.


1 – Vera Fisher

2 – Helena Ramos

3 – Aldine Muller

4 – Matilde Mastrangi

5 – Adele Fátima

6 – Nicole Puzzi

7 – Zilda Mayo

8 - Rossana Ghessa

9 – Sandra Barssotti

10 – Claudette Joubert

Fotos

Marcadores: , , , , , , , , , ,

Pornochanchada filmes dvd video assistir

Pornochanchada filmes dvd video assistir

pornochanchada ppornochanchada poornochanchada porrnochanchada pornnochanchada pornoochanchada pornocchanchada pornochhanchada pornochaanchada pornochannchada pornochancchada pornochanchhada pornochanchaada pornochanchadda pornochanchadaa pornochanchada pornochanchada ornochanchada prnochanchada ponochanchada porochanchada pornchanchada pornohanchada pornocanchada pornochnchada pornochachada pornochanhada pornochancada pornochanchda pornochanchaa pornochanchad pornochanchada pornochanchada p ornochanchada po rnochanchada por nochanchada porn ochanchada porno chanchada pornoc hanchada pornoch anchada pornocha nchada pornochan chada pornochanc hada pornochanch ada pornochancha da pornochanchad a pornochanchada pornochanchada pornochanchada oprnochanchada pronochanchada ponrochanchada poronchanchada porncohanchada pornohcanchada pornocahnchada pornochnachada pornochacnhada pornochanhcada pornochancahda pornochanchdaa pornochanchaad pornochanchada pornochanchada oornochanchada pirnochanchada pprnochanchada poenochanchada potnochanchada porbochanchada pormochanchada pornichanchada pornpchanchada pornoxhanchada pornovhanchada pornocganchada pornocjanchada pornochsnchada pornochabchada pornochamchada pornochanxhada pornochanvhada pornochancgada pornochancjada pornochanchsda pornochanchasa pornochanchafa pornochanchads bornochanchada pughrnochanchada parnochanchada porknochanchada pornughchanchada pornachanchada pornockhanchada pornothanchada pornokhanchada pornoshanchada pornozhanchada pornoqhanchada pornoshanchada pornochainchada pornocheinchada pornochenchada pornochonchada pornochunchada pornochinchada pornochaknchada pornochanckhada pornochanthada pornochankhada pornochanshada pornochanzhada pornochanqhada pornochanshada pornochanchaida pornochancheida pornochancheda pornochanchoda pornochanchuda pornochanchida pornochanchata pornochanchadai pornochanchadei pornochanchade pornochanchado pornochanchadu pornochanchadi

Fotos

Marcadores: , , , ,